terça-feira, 17 de maio de 2011

MINHA TERRA TEM BURACOS



Minha terra tem buracos
Onde meu pneu pode estourar
As valas que vivem cheias
Parecem que ficam a me mirar

Nosso asfalto tem mais crateras
Nosso céu não tem mais cores
Nosso estado é de miséria
A miséria dos horrores

Ao resmungar sozinha de dia
Mais um buraco encontro eu lá
E sentada no chão quente
Fico a espera do borracheiro chegar

Minha terra tem amores
Só não sei onde foi parar
A resmungar sozinha, de dia
Lá vai mais em um buraco eu entrar
Minha terra tem descaso
Porque “CASTELO” foi mandar

Não permita Deus que eu morra
Sem ver minha terra melhorar
Sem que eu desfrute das belezas
Desta ilha do Mará
Pra que eu possa admirar as palmeiras
Sem ter uma vala a me esperar.




O TEXTO É UMA VERSÃO MEIO QUE PARÓDIA DA POESIA DE GONÇALVES DIAS FEITO POR ROSALICE GUTERRES.

Postado no Facebook >>> http://www.facebook.com/notes/saulo-azevedo/minha-terra-tem-buracos/227987813881281

2 comentários: